16 novembro 2009

Plano de Aula , Linguagem e Educação

PROFESSORA RESPONSÀVEL: DARLIZE

1ª etapa da elaboração de um plano de aula Roteiro de trabalho:

A) Nível/ Etapa de Ensino: 1º ano escolar

B) Temática focalizada: “Contos de fadas”

C) Justificativa (da temática escolhida):

Sabemos o quanto é importante para qualquer criança ouvir histórias, pois para elas, escutar histórias é o inicio da aprendizagem para ser um bom leitor. Os contos têm o poder de deixar fluir o imaginário das crianças. “Ao construir narrativas, a criança brinca com a realidade e encontra um jeito próprio de lidar com ela” (GURGEL, 2009). Os contos tem, também o poder de aguçar a curiosidade das crianças sobre a história..

Através dos contos, a criança tem condições de descobrir as inúmeras possibilidades de relação a sua volta, através dos pensonagens, os quais enfrentam e resolvem ou não seus problemas e seus conflitos, seria a contextualização da leitura e, consequentemente o letramento. “Em certas classes sociais, as crianças são letradas, no sentido de possuírem estratégias orais le­tradas, antes mesmo de serem alfabetizadas.” (KLEIMAN, 2006). Ainda, a criança, através das histórias que escuta ou lê, pode perceber que há vários tipos de leituras e vários tipos de escrita, pode entender que não se escreve ou se lê sempre do mesmo jeito, ela vai entendendo que há vários modos de comunicacação através da fala e da escrita.” A escrita também não é uma modalidade fixa, não é sempre formal/ sofisticada/planejada, assim como a fala não é, em todas as situações de comunicação, informal/coloquial e sem planejamento” (Kleiman, 1995).

A criança, desde muito cedo, tem contato com contos de fadas, seja através do manuseio de livros ou através da contação de história feita pelos adultos, geralmente pelos pais, ou ainda, através de filmes infantis que assistem na tv, “(...) um alerta sobre o cuidado que devemos ter com a forma como escolarizamos práticas de leitura e escrita de determinados gêneros textuais, simplificando-os e descontextualizando-os de seus usos sociais”. (TRINDADE, no prelo). Por isso, torna-se significativo para o aluno o trabalho realizado através desta temática, a qual, também, cria possibilidades para que o aluno possa desenvolver sua consciência fonológica. “A criança formula hipóteses e constrói conhecimentos ao se familiarizar com as formas de escrita do dia-a-dia e ao refletir, com o professor, sobre a natureza e o funcionamento da língua escrita”. (Jornal Letra A, jun./jul. 2005)

D) Roteiro das atividades:

1) Leitura
2) Produção textual
3) Jogo
4) Sistematização

E) Descrição das atividades:

1) Leitura: Leitura e manuseio, feito pelas crianças e professora de livros de contos de fadas.

1) Objetivo: Promover o prazer pela leitura, estimulando a imaginação, a criatividade na expressão oral.

1.2) Organização da turma: turma e professora sentada em cuirculo na sala de aula

1.3) Organização dos materiais: Caixa de livros sobre contos de fadas no centro do circulo.

1.4) Desenvolvimento:

1º Momento: Os alunos serão estimulados a pegar um livro e tentar ler alguma história (contos de fada)

2º Momento: A professora incentivará os alunos a contar para o grupo o que leu.

3º Momento: A professora fará questionamentos sobre as características dos personagens da historia lida.

4º Momento: A professora fará a leitura pausadamente para toda a turma, do conto de fadas: Três Porquinhos. Questionamentos e observações vão sendo feitas pela professora durante a leitura, sobre os personagens da história, como características marcantes e outras curiosidades a fim de aguçar a imaginação das crianças. (anexo 1)



2) Produção textual: Produção de um “Livrinho de historinha”

2.1) Objetivo: Permitir que os alunos elaborem seu próprio “conto de fadas” e para isso façam uso da sua criatividade e imaginação.

2.2) Organização da turma: Na sala de aula em grupos de 4 alunos.

2.3) Organização dos materiais: Cada aluno receberá uma folha de ofício dividida em 4 partes e grampeada em forma de livrinho.

2.4) Desenvolvimento:

Os alunos serão convidados e incentivados pela professora a produzir através de desenhos e escritas ou só desenhos, um livrinho de um conto de fadas que eles leram, ou o que a professora leu, o qual poderá ter o mesmo final ou um final diferente da história original.

3) Jogo: “Jogo dos sete erros” (anexo 2)

3.1) Objetivo: Neste jogo, o objetivo é promover no aluno a concentraçaão, a atenção, a discriminação visual e a comparação.

3.2) Organização da turma: A turma será organizada em grupos de 4 alunos cada.

3.3) Organização dos materiais: Cada aluno receberá uma folha contendo as duas figuras da bruxa ( anexo)

3.4) Desenvolvimento: A professora fará o a leitura do enunciado para a turma e explicará a dinâmica da atividade, a qual consistirá em cada aluno descobrir os sete erros na segunda figura da bruxa e posteriormente trocar idéias sobre o trabalho com o colega de grupo.

4) Sistematização

4.1) Objetivo: Rever o assunto da temática através de atividades variadas, incentivando a leitura, a observação, comparação e desafiando os alunos a produzir palavras de acordo com seu nível de aprendizagem, desenvolvendo nestes, também ,a consciência silábica através da atividade anexo 5.

4.2) Organização da turma: Em grupos na sala de aula.

4.3) Organização dos materiais: duas caixas com os livros das histórias dos contos de fadas e uma caixa com as produções dos alunos. Folhas xerocadas contendo atividades sobre a temática que está sendo trabalhada.

4.4) Desenvolvimento:

1º Momento: As duas caixas circularão nos grupos para que os alunos manuseiem, olhem e leiam novamente o material original e o produzido por eles, façam observações e comparações entre suas produções com as histórias originais.

2º Momento: Os alunos receberão a folha da atividade de “liga-liga” (anexo) fará a atividade com a orientação da professora

3º Momento: Cada aluno receberá uma folha da atividade “Quem é Quem” e será desafiado a escrever da sua maneira, o nome do material usado na costrução de cada casa e posteriormente identificará ligando cada casa a seu construtor.

4º Momento: Alunos serão convidados a descobrir as palavras escritas nas atividades “liga-liga” e “Quem é Quem” (anexos 3 e 4)

5º momento: Os alunos receberão a folha (anexo 5 e 6) com a atividades sobre consciência fonológica.



Referências Bibliográficas:

KLEIMAN, Angela (2006). Modelos de letramento e as práticas de alfabetização na escola.


GURGEL, 2009,Tem um monstro no meio da história (GURGEL, 2009). In: Revista Nova Escola. Agosto 2009.


Consciência Fonológica: o que é, para que serve e qual a relação com a aprendizagem da leitura e da escrita? (Jornal Letra A, jun./jul. 2005)


DALLA ZEN; Trindade, (2002). A leitura, a escrita e a oralidade como artefatos culturais.

TRINDADE, no prelo. Não há como alfabetizar sem método.

Os Três Porquinhos. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Os_Tr%C3%AAs_Porquinhos. Acesso em: 06 out.2009

Ligar+Personagem. Disponível em: http://3.bp.blogspot.com/_JBLExmx6Nw8/See0X0MCplI/AAAAAAAABn8/mEfHsv_2jZ8/s1600-h/LIGAR+PERSONA. Acesso em 08 de out. 2009.


Sete+erros. Disponível em: http://1.bp.blogspot.com/_bSsX3mwrwIo/SfrmYQRLsVI/AAAAAAAAAJ4/w7VU7D9f9T8/s1600-h/sete+erros.JPG. Acesso em: 08 out. 2009.

ARQUIVOTECA: CONTOS DE FADAS 1.doc (3189kb) Enviado por: ana cristina jak Data de envio: 03/12/2007.Disponível em: http://www.educarede.org.br/educa/index.cfm?pg=arquivoteca.ds_infoarquivo&id_arquivo=3513&id_pasta=380&id_comunidade=38. Acesso em: 15 nov. 2009.

Anexos do plano:

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Início